Relacionandos

domingo, 5 de abril de 2009

Quando a divergência de opinião se torna um  problema?


Todos nós temos problemas quando alguém discorda de nossa  opinião. Na realidade, não gostamos de ser contrariados. Em muitas casos levamos mais na brincadeira, até para não causar atritos. Isto acontece frequentemente no ambiente de trabalho, nas escolas, faculdades, clubes, igrejas e outros locais onde nos encontramos socialmente com outras pessoas. Fica aquela situação no momento e depois nos esquecemos e tocamos nossas vidas. Mas e quando acontece em nossa casa? E quando as opiniões são totalmente contrárias e radicalmente defendidas? 
Devemos sempre nos e espelhar no exemplo de Cristo. Em muitos aspectos Jesus Criste teve que se posicionar com veemencia para demonstrar que algo estava errado. Ele notou que o templo estava se tornando um local de comércio e não mais de adoração, e teve uma atitude radical para defender seu ponto de vista. Já em outras ocasiões, Jesus com a razão ao seu lado tratou a mulher adúltera que tirava agua da fonte com compaixão e perdão. Deu a oportunidade de refletir sobre sua opinião e situação.
Em nossa vida conjugal devemos saber quando nos posicionar com ênfase em determinado assunto e quando ser conciliador em nossas opiniões. Lembrando que qualquer radicalismo sem fundamentos se torna incoerente, mesmo tendo a "razão do nosso lado". A postura do casal sempre deve ser conciliadora e de condução tanto de um lado quanto do outro para o crescimento dos dois. Entendendo que os dois são seres humanos, com defeitos e qualidades crescendo na graça do Senhor.

Provérbios 10:12 "O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões".

Nenhum comentário:

Postar um comentário