Relacionandos

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Ciclo da Vida

Quantas vezes as pessoas se sentem vázias, ou sentem-se como se o coração sempre estivesse com fome seja de amor, alegria, motivação, etc.
Podemos citar vários tipos de relacionamentos em que os sentimentos são descobertas, intensos ou confusos, permanentes ou momentâneos.
Foi bem legal e acrescentou em minha vida, uma das aulas que assisti com o marido (Roberto). Era uma aula de psicologia que mencionou sobre as fases do ser humano segundo as teorias de Piaget, desde o nascimento até a morte...vejam na Wikipédia um breve resumo.
Quando crianças queremos crescer, e não ter que obedecer ordens, ir e vir sem satisfações ou horários pré determinados...definir o nosso "eu", por isso as crianças entre 2 e 6 anos são mais desobedientes... enfim...devido nossa natureza limitada, queremos ter ou receber mais do que nos é necessário, entender o que na maioria das vezes não nos cabe.
Por isso Deus em sua Infinita sabedoria já nos adiantou em Eclesiastes 3 "... Tudo há o tempo determinado..."
Como marido/esposa sentir falta de carinho, atenção, compreensão, etc. Aqueles momentos em que no namoro era evidente e presente com maior frequência. (Vide As 5 linguagens do amor - Gary Chapman). Com as responsabilidades, filhos, contas a pagar, os casais deixam de namorar porque o cansaço substitue a necessidade que antes no namoro era essencial para investimento do relacionamento....Era tempo de plantar, mas regar e cuidar, estas ações são continuas...Para que não se torne fraco e deficiente é necessário alimentar este amor.
Como pais, sentir falta da liberdade de quando podiam ir e vir sem se preocupar com os pequeno(s) herdeiro(s), até que os filhos crescem, ai percebem a falta que sentem depois que se acaba a rotina cansativa (há quem diga que filho criado, trabalho dobrado). No entanto a ausência dos filhos depois que crescem pairam sobre o colo dos que esperam que uma máquina no tempo saia da imaginária ficção e os permitam voltar no tempo só um momento para reviver aqueles instantes que mesmo cansativos estavam no "controle" e na convivência zelosa. Esta sensação, sentimento é definido como Síndrome do Ninho vázio.  Este é o momento certo, pode-se dizer o tempo em que o laço entre o marido e esposa se firmam, ou pelo menos deveria se firmar, se entrelaçar envoltos ao cuidado, companheirismo e excedente carinho e gratidão. É o momento que o amor puro se manifesta, sem aquela paixão, brasa passageira, mas sim o amor maduro.
Reconhecer o quão edificante foi anos de convivência, suportando, não na analogia de aguentar, mas significando suporte um ao outro, lembrando da ajuda mútua na alegria, na tristeza, nos momentos de vaca gorda e vaca magra, de TPM, de stress, de cansaço, de nervosismo, na saúde, na doença, dificuldades financeiras, etc. O que importa é a gratidão, lembrar dos simples gestos acertando ou errando, compreendendo que ambos acertaram e erraram, unidos no Amor de Deus.
Ai que entra a importância da visão alinhada, nosso relacionamento estar baseado na Palavra de Deus e sob direção dos principios do Pai, que tem muito mais prazer em nos abençoar do que de sermos abençoados.
Qual visão temos do casamento? Ah! Vamos tentar, se der certo deu, se não o importante é ser feliz! Será que é isso que diz a Palavra de Deus?....Fica a seu critério ler em 1Corintios.
Quando nos tornamos uma só carne com outra pessoa, significa entrega mútua e que se o outro esta feliz, consequentemente estarei feliz.
Falamos que cremos, mas vivemos o que dizemos que crêmos? Que Deus transforma, liberta, renova, restaura, cura, consola?  Fácil? Não!!! Jesus disse que não seria, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo (João 16:33)....também temos base na Biblia que diz que sem fé é impossivel agradar a Deus. (Hebreus 11:6). 
Forças? Também não temos, mas Ele disse que quando estamos fracos é que somos fortes em Cristo. (2Co 12:9).  A Alegria do Senhor a nossa força é..
Abraços fraternos,
Glauce&Roberto

2 comentários:

  1. Oieeee.
    Adorei o blog. Tô seguindo.
    Muito bom esse texto, a foto é linda, mostra muito bem o que você quis passar.
    Beijo.

    http://www.mundodaquelzudah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Adorei seu blog!

    Identifiquei-me com o seu texto.

    Seguindo de coração também!

    Bjs!Bjs!

    http://makeuptipszanoni.blogspot.com/

    ResponderExcluir